Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Jardineiras De Calções

Jardineiras De Calções

02
Nov17

Vou fazer uma pausa...

publiado por A Rapariga Das Jardineiras

Não vou fazer uma grande introdução mas a verdade é que eu ando um pouco desmotivada...

Se já segues o blog à algum tempo, deves ter reparado que o número de posts por semana tem vindo a diminuir. Isso começou por ser pelo inicio das aulas e pela falta de tempo da minha parte mas no fim acabou por ser mesmo porque eu já não me sinto tão feliz ao fazer isto. 

Eu sempre soube que não ia ser fácil e que ia demorar muito tempo para eu ser reconhecida, mas a questão nunca foi essa fazia isto por puro prazer!

Atualmente a minha média de visitas anda drasticamente baixa e sinto que não tenho recebido tanto apoio como recebia antes. 

Basicamente este discurso todo, foi apenas para dizer que tenciono fazer uma pequena pausa, eu prometo que vou voltar, mas preciso mesmo de me reorganizar, perceber o que eu realmente quero com o blog e ir de novo ao encontro da minha componente criativa. 

Da vossa parte só espero que por favor compreendam e respeitem a minha decisão pois sei que quando voltar vou voltar em força e cheia de ideias novas e que continuem a visitar o blog e a comentar, pois os comentários são a maneira mais simples de eu perceber que vocês gostam do meu trabalho e do conteúdo que produzo. 

Obrigada por tudo, eu vou voltar!

20
Set17

Padrões de beleza...

publiado por A Rapariga Das Jardineiras

wp-1450044462126.png

 

Este não é um post normal...

Falo por mim, mas tudo o que se vê atualmente em anúncios, revista e até no Instagram, me deixa um pouco: Fogo, porque é que eu não sou linda como elas, porque é que eu não tenho um corpo tão lindo como o delas e porque é que não tenho uma vida tão linda como a delas?!

Sim, de facto, este é um problema que afeta, acima de tudo adolescentes, e que pode chegar a levar a casos graves de anorexia e bulimia.

download.jpg

(Tentei arranjar uma imagem não tão assustadora, mas as imagens que encontrei são realmente chocantes, se tens interesse proponho-te uma pesquisa) 

A sociedade de que fazemos parte, hoje em dia, é baseada em padrões de beleza: «Ela tem um rosto bonitinho, se fosse menos gorda até era gira», «Ela é muito fixe, se tivesse mais corpo eu até gostava dela», quem é que se identifica com estes «se» que temos de encarar todos os dias?

Primeiro que tudo, eu só queria dizer para te aceitares, também sofri com isso, mas com o tempo aprendi a gostar de mim como eu era!

Mas atenção, obesidade é algo muito, muito grave. Tens de aceitar mas é importante que, nestes casos, procures urgentemente ajuda!

download (1).jpg

Outra coisa também muito importante é conheceres-te. Se és magrinha e tens poucas curvas se calhar é melhor não abusares nos vestidos muito justos que vão evidenciar precisamente uma coisa que tu não tens. Se te sentires confortável estás à

vontade para o fazeres mas se ainda te sentes mais reticente esta é uma dica a guardar.

 

Falando novamente de mídias, é simples: quase nada do que tu vês é real!

As modelos não têm as maçãs do rosto tão levantadas (se têm, provavelmente é plástica), não têm ancas tão finas (se têm ou é genético e não há nada a fazer ou é photoshop) nem têm pernas tão bonitas (se têm é resultado de longas horas de ginásio) quanto apresentam em anúncios e revistas. 

 

Mesmo a terminar, queria falar do "Body Positive Movement", um movimento iniciado na América e que tem como objetivo dar a entender que toda a gente é digna de amor-próprio.

O vídeo explica tudo melhor:

 

 

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Blogs Portugal